Tempos Modernos. Quem casa... quer casa?

03/01/2019 - Construção Virtual

Tempos Modernos. Quem casa... quer casa?

O grande déficit habitacional e a insegurança que o pais viveu e ainda vive, além das dificuldades financeiras das pessoas em adquirir a casa própria, faz com que muitos jovens casais decidam morar na casa dos pais após o casamento.

Como tudo na vida, existem os prós e os contras dessa decisão, pois pode haver falta de liberdade e privacidade não somente para o casal, mas para todos os moradores do local onde se instalam, além das indesejáveis interferências na vida conjugal por pais, sogro, sogra, etc. que não podemos descartar totalmente, por mais moderna e ética que seja a família. A decisão implica também em seguir as regras dos donos da casa, justamente quando o casal está disposto a construir uma nova família, ter autoridade e traçar o caminho que escolheu.

Se entre duas pessoas as coisas nem sempre saem como o combinado, o que dizer quando os pais e outras pessoas participam de uma situação que deveria envolver apenas o casal?

Além disso, terão que abrir mão de outras alegrias, pois até mesmo reunir os amigos fica difícil, pois não dá para levar uma galera a hora que quiser.

Deixar a casa dos pais não é esquecê-los, mas viver uma vida de casado e sob a sua própria tutela. E esse deixar  geográfico, acaba sendo também emocional e financeiro.

Por outro lado, morar com os pais traz facilidades, pois é realmente é difícil conciliar trabalho, estudo e, ainda, ter uma casa pra cuidar, realidade de muitos casais hoje em dia.

Mas... cuidado para não cair na zona de conforto e adiar sonhos e planos, como o de comprar a casa própria. É preciso se emancipar de vez e traçar as próprias metas, sempre em sintonia com seu cônjuge.

A sugestão é aproveitar a economia do aluguel e de outros itens como alimentação, manutenção da casa e despesas de taxas com imóveis e começar a pagar o financiamento de um imóvel próprio, e assim criar um cronograma e planejar a mudança, além de ir  comprando outros itens necessários (móveis e aparelhos domésticos, por exemplo).  Liste quais são os itens indispensáveis para vocês viverem confortavelmente. Para isso, separem um tempo para construírem juntos um check list.

Vão com calma! Focar no que é essencial nesse momento é muito importante. Separem o imóvel por cômodos, para não esquecer nada e ter uma casa pronta para morar. Além disso, listem os desejos e as necessidades, ou seja, o essencial nesse momento e o que pode ficar para depois, os chamados supérfluos. Resumindo, leve em consideração o básico que você precisará para viver bem e deixe o supérfluo para depois.

Chaves nas mãos? Vamos fazer um projeto de decoração?

Ah, sim! Foi um terreno que você comprou com parte da economia e chegou a  hora de fazer um projeto de construção detalhado, planilhado financeiramente, com sugestões de fornecedores de material para otimizar a construção da casa dos sonhos, já registrada e regularizada junto aos órgãos competentes?

A Visão Arquitetura possui excelentes parceiros no ramo da construção e está capacitada para fazer o projeto de construção virtual, gerenciar e regularizar a obra, cumprir os prazos para entrega e trabalhar de maneira preventiva, evitando dores de cabeça no futuro. Conte com a gente. A gente tem visão.