AMBIENTES CORPORATIVOS DE COWORKING - ARQUITETURA E DECORAÇÃO

23/07/2018 - Reforma

AMBIENTES CORPORATIVOS DE COWORKING - ARQUITETURA E DECORAÇÃO

Uma das demandas mais recentes em relação a arquitetura e decoração de ambientes corporativos são os escritórios compartilhados ou espaços de coworking. Muitas pessoas têm apostado em abrir escritórios que podem ser alugados por profissionais que precisam de um espaço corporativo e ao mesmo tempo descontraído, que caiba no seu bolso.

Com a modernização de muitas profissões, os horários e frequências de trabalho que precisam ser feitos dentro de escritórios estão completamente alterados.

Além dos espaços alugáveis, algumas empresas também têm procurado por outras que compartilhem algum tipo de parceria ou identificação para dividirem um mesmo espaço, por terem cada vez menos funcionários que precisam estar presentes na sede todos os dias, seja por trabalharem alocados em outras empresas ou por realizarem seus trabalhos no modelo de home office.

Reformar ou construir um espaço com o objetivo de acolher empresas ou pessoas diferentes em um mesmo ambiente de trabalho exige uma atenção especial quanto à disposição de cômodos e móveis, assim como itens decorativos do local.

E mais do que ser um ambiente que atenda às necessidades diversas, precisa ser um local atrativo, moderno e agradável, onde as pessoas tenham tranquilidade e se sintam à vontade e inspiradas a desenvolver suas funções.

Espaços compartilhados para aluguel

Com a instabilidade financeira e autonomia de vários profissionais, que decidiram por empreender em seus negócios e ainda estão em início de carreira, espaços de coworking, que alugam espaços estão em alta.

Ao reformar ou construir um espaço desses é necessário levar em conta as necessidades que os possíveis clientes podem ter. É preciso criar espaços amplos onde grandes mesas possam ser alocadas e alugadas para diferentes tipos de profissionais.

Salas individuais para pessoas que preferem trabalhar sozinhas também é uma das demandas importantes. Esses espaços precisam ser esteticamente mais interessantes, uma vez que são mais caros do que as mesas compartilhadas. E existem ainda as salas de reunião, que precisam passar a seriedade necessária para a realização de encontros de negócios, desde os mais descontraídos até os mais formais.

A tendência é de que a decoração e os móveis de escritórios assim sejam descontraídos e leves. Essa é uma boa estratégia para atrair clientes, que hoje valorizam cada vez mais espaços flexíveis e confortáveis. A experiência deve trazer o máximo de produtividade e conforto para cada profissional que passe pelo espaço.

Espaços compartilhados com empresas fixas

A junção de duas ou mais empresas que possuem algum tipo de relacionamento ou identificação, no mesmo espaço de trabalho, também é uma tendência no momento. Ao pensar em montar um escritório nesse modelo é importante procurar pela ajuda de um arquiteto para orientar a melhor maneira de dividir os ambientes e espaços de acordo com a necessidade de cada empresa.

Mesas tipo plataforma ou biombo, que possibilitam que vários profissionais dividam o mesmo espaço, separados ou não por divisórias, são ideais nesses casos. É interessante que toda a decoração seja feita de forma simples, com cores, tanto em móveis quanto em paredes, neutras e limpas. A caracterização de cada empresa pode ser feita nos objetos das mesas e bancadas.

Móveis que possam ser mudados de local, como mesas e gaveteiros que possuem rodinhas, possibilitam a modelagem do ambiente de acordo com a necessidade do momento.

Tendências para espaços corporativos

Com toda essa alteração no modelo de trabalho das pessoas, a arquitetura e decoração desses espaços também está caminhando para rumos diferentes. Reunimos as maiores tendências para ambientes corporativos na atualidade.

- Ambientes abertos: A figura de um chefe em sala separada dos demais funcionários está cada dia mais em desuso. Ambientes amplos, sem divisórias de paredes, onde todos fiquem próximos e facilite a interação entre os profissionais, com separações apenas para salas de reunião estão sendo cada vez mais adotados.

- Mobiliário único: Mesas contínuas, grandes e compartilhadas entre funcionários, sem divisórias e separações também acompanham a tendência de gerar o sentimento de unidade entre os funcionários de uma empresa.

- Neutralidade: Cores e decorações mais neutras são mais agradáveis para pessoas que precisam ficar muito tempo em um mesmo ambiente. Salas de reuniões mais criativas, como brainstorms pedem mais cores para aguçar o pensamento, mas não devem ser usadas em todo o ambiente.

- Mais luz natural: A luz natural combinada com cores claras e leves são agradáveis e trazem serenidade ao ambiente de trabalho. O uso de grandes janelas e portas de vidro está em alta em grandes escritórios corporativos.

- Espaço de convivência: Atualmente há uma forte tendência na construção de áreas de convivência em empresas mais modernas. Locais para descanso, sala de jogos, lanchonete e cafeterias deixam o local de trabalho mais confortável e prazeroso, fazendo com que não se perceba o tempo que se passa dentro dele.